Please reload

Posts Recentes

Liberdade Emocional

16.11.2016

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

A CRIANÇA QUE SONHAVA EM VOAR

22.11.2017

Em tempos, existia uma criança. Era uma criança muito especial. O primeiro abraço que recebeu foi o da mãe, que a confortou com todo o seu Amor. Que ligação esta. Mãe e filho. Ela sentiu-se segura, Amada. Começou a descobrir o mundo à sua maneira. Tudo era novo. Tanta coisa para descobrir. Como qualquer criança, permitia-se Ser. A espontaneidade com que encarava a vida permitia-a ser livre. Toda a sua vida fluía livremente, como um rio em direção ao oceano. Chorava, ria, mexia, investigava. Tanto Amor que tinha para dar. Puro Amor, inocente, genuíno.

Com o passar do tempo aprendeu que existiam certas coisas que não podia fazer. Se calhar era assim que se vivia neste mundo. Mesmo assim, ela tentava faze-las, mas percebia que os adultos não gostavam muito. Diziam-lhe que não podia chorar, diziam-lhe que tinha de comer tudo, chamavam-lhe menino feio...E ela acreditou. E ela se conformou. Através da experiência, descobriu de que forma é que conseguia ser Amada. De que forma é que conseguia conquistar os Adultos. Deixou de ser espontânea, para tentar ser aceite. Como é que ela ia sobreviver se não fosse aceite? Inteligentemente o fez. Preparou-se com as melhores armaduras, para se proteger de ser ferida. Reprimiu as suas emoções. Escondeu a sua individualidade. Deixou de ser inocente. Foi-se preparando para a batalha com todas as armaduras que criou.

Agora, ela é um adulto. Mas, já não sabe quem é. Já não tem brilho, já não tem magia. Ao longo do caminho deixou de viver. Seguiu os outros, pois foi assim que aprendeu. Perdeu a sua rebeldia, a sua força, o seu Amor. Ficou tudo guardado para ninguém ver. O esforço que vem fazendo para tudo guardar, tornou-a assim.

Uma história muito comum. Uma história que já passou. Já não existe, mas deixou marcas. Não sei como continua nem como acaba. Vai depender de cada um. Resgatar aquilo que ficou esquecido. Aquilo a que temos direito. Aquilo que nos foi oferecido. Voltar a ser aquela criança que sonhava que podia voar. E...voar!

 

 

Partilhar no Facebook
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square