Please reload

Posts Recentes

Liberdade Emocional

16.11.2016

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

O SOFRIMENTO É CRIADO. O AMOR...É!

29.03.2017

Einstein dizia “Não podemos resolver os nossos problemas com a mesma mentalidade de quando os criámos”. Ao longo da nossa vida, todos nós, passamos por momentos difíceis. Momentos esses que por vezes, levam a muito sofrimento. Pode ser que neste momento estejamos nessa fase, ou estejamos já numa fase de superação. Se olharmos para trás, percebemos que, fomos capazes de ultrapassar muitas das situações difíceis que vivemos. Já o fizemos desde pequenos, quando tivemos a coragem de nos por de pé. A partir desse momento, mudámos a percepção que tínhamos do exterior. Começámos a experimentar o mundo, a aventurar-nos. Muitas vezes, caímos, mas a nossa curiosidade foi maior.

Todos os momentos por que passamos, dão-nos a oportunidade, de alterar algo na nossa vida. Deus (que pode ter um significado diferente para cada um), não nos dá aquilo que nós queremos. Em vez disso, dá-nos a oportunidade de lá chegarmos. Se queremos ter paciência, ela não nos vai ser dada, mas vão surgir inúmeras oportunidades para ter paciência. A responsabilidade é sempre nossa. Por vezes, não conseguimos é sair do ciclo vicioso em que nos metemos. E para tal, temos de conseguir olhar de fora para a situação. A nossa carga emocional é tão intensa, que não nos permite ajuizar de forma mais coerente todas as soluções.

Para isso acontecer, é importante estarmos na nossa companhia. A partir do momento que nos afastamos, diminuímos essa carga de emoções e pensamentos. A saudade pode lá estar. A vontade de voltar pode ser sentida. Mas só fazendo este movimento, conseguimos sair do ciclo. Já estamos a fazer algo diferente. E com esta nova percepção do mundo, vamos ganhando cada vez mais confiança em nós. Começamos a perceber que temos todos os recursos.

Não sabemos o que vem a seguir. Nem sabemos se a mesma situação vai voltar. Mas desta vez, estamos mais perto de nós, do que alguma vez estivemos. E isso, dá-nos a coragem de escolhermos o que é melhor para nós. Mas desta vez, sem medo de ficarmos sozinhos.

 

Partilhar no Facebook
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square