SUPERAR A ROTINA


Somos livres. Sabemos voar mas queremos andar apenas em terra. É mais seguro. Não nos apercebemos que podemos abrir as asas e simplesmente sentir. Sentir a brisa da vida que nos passa ao lado tantas vezes. Fazemos o caminho para casa e nem nos apercebemos qual foi. Sabemos por rotina, por hábito. Nesse hábito já enraizado, já alguma vez olhamos para a árvore que se encontra no meio dos prédios, a flor que entretanto cresceu junto à berma da estrada, os raios de sol que iluminam o horizonte, ou o movimento das nuvens, tal como o movimento da vida, que torna tudo passageiro e impermanente. Esse hábito que se instala em nós torna-nos rígidos e resistentes. Relacionamo-nos distantemente, à espera que todos os prazeres materiais compensem a ausência de sentir. A excitação da vida, esse simples e intenso prazer de Ser, é superada pela excitação material. Deixamos que os nossos sonhos fiquem para trás, pois não queremos correr riscos. Absorvemos e deixamo-nos absorver pelos sonhos dos outros. Acreditamos que a nossa cara metade existe em algum lugar e que é esse é o nosso objetivo. E enquanto procuramos o final feliz, ficamos esquecidos. A lembrança e o resgate daquilo que somos, Seres completos e não metades, permite-nos Amar como nunca o fizemos, permite-nos aceitar como não julgávamos possível....permite-nos então começar a viver!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square